Salvador Ávila Filho

Descrição: 

Engenheiro químico (UFBA) e de Processamento Petroquímico (Petrobrás) aplicou seus conhecimentos na Indústria Química. Especializou-se: nas técnicas estatísticas (CQE/ASQ) para investigar anormalidades na indústria e como Consultor Organizacional (UCSal) para transformação de Cultura. Propôs método na área de Estabilização de Processos e Operações usando mapeamento de processos na rotina. Desenvolveu técnicas de auditoria, controle de efluentes e emissões fugitivas para diminuir os impactos ambientais na indústria. Esta experiência integrada de operação com processo atinge resultados: menor custo da produção, maior produtividade, e menor impacto ambiental. Desenvolveu técnica que analisa a percepção dos operadores quanto às Rotinas Limpas (UFBA). Desenvolveu educação continuada na indústria indicando os desafios inerentes em trabalhar os vícios do comportamento humano. Atuando como Gestor de instalações industriais criou modelo para Gestão limpa. Como professor ministrou disciplinas na Graduação de Administração, Engenharia Química e de Produção em Universidades. A importância da operação para diminuir impactos ambientais foi comprovada: consultorias em sistemas de gestão e minimização de efluentes, controle de processos e de operações. Enquanto isto, aspectos humanos são investigados nos cursos e práticas de Psicanálise permitindo adentrar pela falha no comportamento na sociedade e no trabalho. Teve parcerias na iniciativa privada em Manutenção Centrada em Confiabilidade (MCC) e Confiabilidade Humana. A investigação do Doutorado (UFRJ) na área humana e de culturas organizacionais disponibiliza conceitos, técnicas e métodos para manter os processos sob controle. Artigos foram apresentados nas áreas de Fatores Humanos, Risco, Segurança de Processos, Eficiência Energética e Hídrica e atualmente na área de Cultura e Mudança de Comportamento. Trabalhos na área de Energia foram desenvolvidos prevendo solução para arranjos produtivos: balanço de energia térmica em Petroquímica, substituição do diesel para biomassa, auditoria e reuso em torres de resfriamento na unidade de refino. Contribuiu para diminuir a carga de N efluente da indústria de fertilizantes com: estatística, estudos de processos, tecnologia de equipamentos, investigação de procedimentos, campanha educacional (Amigos da Lagoa). Realiza pesquisas e Serviços nas áreas de Gestão de Riscos, Cultura Organizacional, Confiabilidade Humana, Processo e Operacional. Atualmente, integra as demandas do meio industrial em confiabilidade humana (RECHA), desenvolve técnicas para evitar perdas de processo (P3NET) e atua para reduzir o consumo de energia e água na cadeia de suprimento industrial através de redes de contato e de discussão. Atualmente como Professor e Pesquisador da UFBA no Departamento de Engenharia Mecânica desenvolveu os produtos: RISKDYN (técnicas para gestão e análise do risco dinâmico, confiabilidade sócio técnica e tarefa complexa); ELOS R (técnicas para a análise de perdas de água e energia na indústria intensiva neste consumo e o papel na cadeia de suprimento quanto a GEE); SARS (Sistema Alerta Resiliente e Seguro ? onde se envolver o trabalhador em gestão confiável onde mantenha os 4 Cs controlados); EVOLUTION C (Desenvolvimento da cultura justa através de um comportamento seguro e da economia de energia). Responsável pelas cooperações com a: RLAM (Refinaria) na área de Eficiência Energética, UOBA Ativo Norte na área de Confiabilidade e Risco, Secretaria de Segurança Pública na área de Risco em Megaevento e Comportamento da força policial do Estado da Bahia.

Nível Acadêmico: 
Mestrado Profissional